Desde cedo, há que desconstruir a ideia bastante comum em Portugal de que, no Jardim de Infância, os temas matemáticos são trabalhados nas rotinas diárias e que esse trabalho informal é mais do que suficiente para cumprir os objetivos relativos ao ensino da Matemática nos primeiros anos.

Tal como acontece com as outras áreas e domínios, também a Matemática deve ter um espaço de trabalho próprio (em termos da calendarização semanal das atividades como também na organização do espaço físico da sala do Jardim de Infância). Esse espaço deve ser ocupado com atividades desafiadoras que, num tom lúdico e com apelo à utilização de muitos materiais (estruturados e não estruturados), estimulem o desenvolvimento de competências matemáticas. Os grandes temas indicados para esta faixa etária são (por ordem de implementação, dos três aos cinco anos): Propriedades e Critérios; A Primeira Dezena; Forma; Espaço; Padrões; Medida; Decomposições, Adições e Subtrações (dentro da primeira dezena); A Ordem das Dezenas (envolvendo o trabalho com números superiores a 10 e a interiorização do sistema de numeração posicional).